Durante uma discussão sobre Apreciação de Propostas de Normativas sobre Biomedicina Estética, que aconteceu no inicio de novembro deste ano, na sede do Conselho Federal em Brasília, sob a Coordenação do Presidente da Comissão de Saúde do Conselho Federal de Biomedicina, Dr. Frank Sousa Castro, foi estabelecida uma normativa que autoriza, nós, Biomédicos Estetas, a realizar o procedimento de Fios de Sustentação Facial.
Recebi a notícia, hoje, de que os Conselhos Regionais de Biomedicina já foram notificados pelo Conselho Federal, sobre a normativa.
Esta é mais uma conquista para nós, profissionais da Saúde Estética, que trabalhamos com amor e buscamos cada vez mais, ampliar nossos conhecimentos para contribuir com a melhora da auto estima do nosso paciente.
É importante ressaltar que, o profissional que pretende oferecer este procedimento aos pacientes, deve realizar uma especialização para preparar-se com maestria e oferecer excelência ao paciente.
Colocados por meio de microcânulas estéreis, individuais e descartáveis os Fios absorvíveis de Sustentação Facial, são implantes subdérmico e dérmico profundo, com agulhas injetáveis. Não há necessidade de suturas, pois não existem cortes, portanto não existe a necessidade do uso de antibióticos ou antinflamatórios, podendo ser realizado em consultório sem o uso de anestesia geral. Desta forma pode ser considerado pertencente a Classe I em procedimentos estéticos.
Deixo aqui, registrada minha gratidão pela maravilhosa profissão que desempenho e desejo à todos colegas de profissão prosperidade e sucesso nesta nova empreitada.

Drª Ana Carolina Puga
Presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here